terça-feira, 16 de setembro de 2008

Homenagem á melhor MÃE do Mundo




Um dia, o Amor estendeu as mãos
para o nada e abriu o espaço...

Um dia, o Amor estendeu as mãos
para o homem e abriu-se o encontro...

Um dia, o Amor se tornou
vida de tua vida e eu existi...

Mãe, o céu sem confins revela-me teu amor...
A vastidão do mar fala-me da tua bondade...
As altas montanhas refletem teu heroísmo...
A profundeza dos vales espelha tua humildade...
A beleza das flores traduz teu caminho...

Tudo isso encerras dentro de teu grande coração...
E silenciosa, serena, sorrindo,
continuas labutando no cotidiano da vida.

Um dia, o Amor se tornou
vida de tua vida e eu existi.

Obrigado, Mãe!

Dia 17 de Setembro de 1935 nasceu a pessoa mais importante da minha vida e dela nasci, cresci e aprendi tudo ensinou-me a Amar e Respeitar o próximo, deixou-me muitos bons valores apesar da sua falta de escolaridade e das dificuldades mas penso que o que a Minha querida MÃE tinha de melhor eu herdei porque fez questão de me educar assim e de me passar esses valores e eu estou-lhe grata!

Adoro-te MÃE que falta me fazes...para ti esta montagem feita por mim e...Rosas amarelas sempre!!!




8 comentários:

Isa disse...

Pois é Lina, "quem tem uma mãe tem tudo"!...
Mas apesar das nossas mães não estarem presentes fisicamente, não nos poderem dar o colinho que tanta falta nos fáz, estão e velar por nós, com todo o seu carinho e amor, estão-nos dando a força de que precisamos e estão pedindo por nós aos Anjos, a Jesus, e à Nossa Senhora...
Pensa assim, que o fardo fica mais leve, mas que de facto alguém nos ama muito e pede por nós, disso eu não tenho a menor dúvida...
Um beijo grande de muita amizade.
Isabel Alegria

Querubim disse...

Obrigado Isa :-(

Gatapininha disse...

Não posso ver as tuas mensagens, que fico logo triste a pensar na minha:(
Fez no dia 14 seis meses que ela partiu e eu ainda não me mentalizei:(
Sonho por vezes com ela e no sonho, penso sempre que afinal ela está comigo e que tudo não passou de um pesadelo, depois acordo e choro:(

jokas

Querubim disse...

Boa noite Gatapina, então estás como eu a minha faz dia 3 de Outubro 1 ano que partiu :-( acho que são datas muito recentes e que nos fazem sofrer muito, quando vou fazer a Radio de comboio passo em Entrecampos e vejo o pavilhão onde ela estava internada no Curry Cabral choro sempre...forma os dias mais angustiantes da minha vida, os dias que mais chorei em toda a minha vida e ainda choro :-( definitivamente eu ainda não fiz luto por ela!
Beijinho grande para ti e olha...a vida continua...

Querubim disse...

Voltei Gatapina desculpa se te deixo triste com as minhas mensagens mas este blog fi-lo para mostrar o que me vai na alma e tem dias destes...
Bjsss

Gatapininha disse...

Olá Lina, é como dizes, a vida continua e elas estão sempre no nosso coração:)

jokas

Lia disse...

Oh Amiga,
passei para te deixar beijinhos! Um abraçinho bem apertadinho;0))

Querubim disse...

Obrigado Lia :(
Isto passa o tempo cura tudo...
Bjs