quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Cirurgia evita recidiva do cancro de pele

Saiba como a cirurgia de Mohs actua
Alguns cancros cutâneos têm raízes (metástases) que podem estender-se pela pele, vasos sanguíneos, nervos ou cartilagem, pelo que podem reaparecer depois de serem removidos.
Através de uma nova técnica chamada cirurgia micrográfica de Mohs, retiram-se imediatamente essas raízes tumorais ao microscópio. A cura é total em quase cem por cento dos casos e a taxa de recidiva das ditas células cancerosas é quase inexistente, tal como explica Pedro Jaén, chefe de Dermatologia da Clínica da Luz, em Madrid.
Esta técnica possibilita o exame imediato do tumor para que se possam eliminar as suas ramificações; e ao remover apenas tecido tumoral, obtêm-se melhores resultados
estéticos.
(retirado do Sapo)

2 comentários:

Canduxa disse...

Uma informação muito importante.
Desconhecia.
Obriagdo pela partilha.
Muita luz

Lina Querubim disse...

De nada!
Olha hoje tirei a oração do meu Anjo da Guarda no teu blog, obrigado!
Beijinhos e fica com os Anjos