quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Amizade...


Quero ser teu amigo.
Nem demais e nem de menos.
Nem tão longe nem tão perto.
Na medida mais precisa que eu puder.

Mas amar-te, sem medida,
e ficar na tua vida
da maneira mais discreta que eu souber.

Sem tirar-te a liberdade.
Sem jamais te sufocar.
Sem falar quando for hora de calar,
e sem calar, quando for hora de falar.

Nem ausente nem presente por demais,
simplesmente, calmamente, ser-te paz...

É bonito ser amigo.
Mas, confesso,
é tão difícil aprender!
E por isso
eu te suplico paciência.

Vou encher este teu rosto
de lembranças!
Dá-me tempo
de acertar nossas distâncias.

(desconheço autoria)

6 comentários:

Ana Paula disse...

Que belo poema!!!
A minha ida a Coimbra correu bem, está tudo normal, tenho é claro, de continuara com o Tamoxifeno e o Zoladex e agora vou começar a tomar suplemento de calcio e vitamina D para ajudar os ossos (isto de entrar na menopausa tem que se lhe diga...)

Beijinhos

maguie disse...

LINDO POEMA....
beijinhos
..

Lina Querubim disse...

Ahhh pois tem Ana Paula mas q fazer?
Andar para a frente!!!
Bjsss para ti e para a Maguie ;)

Lina Querubim disse...

Mas se está tudo bem é o que importa!
Vim responder do que li no blog da Maguie ihihihihii bjsss Ana Paula

VandaR disse...

Mulher, já vi ali em baixo, que andaste no larô (outra vez). Pois... deves ter bebido tantas caipirinhas que até cantaste!!! Quero ver, um dia eheheh

Hoje passei o dia no Kidzania. Aconselho vivamente a quem tem crianças. Muito divertido e lúdico. Pena que não me deixaram brincar também (apesar de ter subornado o empregado da sala de jogos) shuift :(
Amanhã apareço no msn (talvez, pois ando a tratar daquilo).

Bjukas





















vaidooooooooooooooooooosaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Lina Querubim disse...

Ohhh Vanda??
Não achas que estás um bocadinho "velha" para brincares com as coisas dos meninos???
Depois a maluka sou eu...disses-te que ias de joelhos não??? Para pareceres mais canina :p beijokas