quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Mãe...faz um ano que me deixás-te!



Saudade...
Eu não queria senti-la, mas é mais forte que eu, todas essas lembranças me escravizam, me tiram a paz, sinto saudades de você, saudades dos nossos abraços, dos nossos beijinhos, enfim, de tudo de bom que vivemos juntos e que a vida cruelmente roubou de mim.
Hoje, junto com a saudade, uma solidão terrível impera ao meu redor, tudo é vazio, tudo é triste; só a saudade de você que insiste em me machucar.

Quero reviver com você todos os nossos momentos, sentir o seu beijo,eu tentei te esquecer, mas não consegui, perdi as rédeas do meu coração, eu sei que preciso superar tudo isso, mas se tornou muito difícil, sinto saudades, muitas saudades, não sei se lhe verei novamente algum dia, mas gostaria que essas palavras chegassem ao seu coração e você entendesse que minha vida perdeu a cor e deu lugar a uma imensa dor...
talvez seja por isso que essa saudade dói tanto, a triste certeza de que não verei seu rosto, sentirei seu corpo, queria poder gritar, explodir essa angústia, mas ela se resume em um choro, onde ódio e tristeza se misturam.
Queria lhe procurar, mas não posso, queria que houvesse uma maneira de erradicar esse maldito sentimento da minha vida, queria lhe ver, olhar seus olhos, mas esse desejo é o mesmo que tentar agarrar o sol...
Tanto amor não foi suficiente para evitar esse sofrimento,desfecho, hoje sou sufocado pela saudade, e aceitar a realidade da vida...
Saudade,
Do tempo em que eu ainda
brincava na rua ,
Do tempo em que no olhar se via a
inocência e a vontade de viver,
Dos sorriso puros e dos sonhos tão bonitos...
Saudade,
Das das traquinagens
e até dos tapas que a mamãe dava,
quando descobria alguma maldade feita por mim...
Bons tempos os de criança!
Tempo em que tudo era uma brincadeira,
Tudo era alegria
Tempo que não volta mais,
Restando assim, somente lembranças,
Daquele tempo de criança
Que os anos não trazem mais
E que a saudade,
Se encarrega de guardar
Com tanto carinho e amor
Dentro do coração...
Onde a "nossa" casa era o meu porto de abrigo e os teus braços me aqueciam com todo o Amor que sentias por mim...MÃE ADORO-TEEEEEE!!!!!!
Faz um ano que nos deixás-te na madrugada de 2 para 3 de Outubro...

11 comentários:

Paula disse...

Querubim animo
Podes sempre falar com a tua mae ela ouvete e tu vais saber a resposta dela.
Eu perdi o meu pai sinto a falta dele mas sei k esta sempre comigo e nas minhas horas dificeis ele ajudame
Beija a tua mae e abraça sempre k te apetecer ela vai sentir e tu tb
É nisto k acredito.

BJFS

Querubim disse...

Boa noite e obrigado Paula beijinhos para ti, marido e filhote!

Anónimo disse...

E em breve a minha mana faria 37 anos.
Faleceu há quase 5 mêses.Também tenho muitas saudades.
Mas o amor e as pessoas são eternas, estarão sempre no coração de quem as ama,de que as amou e partiram ricas por nos terem conhecido.
Tal como a Paula disse, podes falar com ela,ouve-te e dá-te respostas.
A Saudade será eterna tal como as pessoas.

Bjs Boa Noite

SofiaSobral

Mrs. Sea disse...

Ela continua viva, contigo, mas apenas dentro do teu coração! E sabes que mais?! Daí ela não irá sair!

Bjins para ti amiga e a saudade apesar de ser dolorosa apenas vem confirmar que o amor existe! :)

laura disse...

*****

Lina,
mas que tristeza.
A vida tem de ser encarada doutra forma.
Todas, ou quase todas já perdemos mães, pais ou pessoas que nos deixaram muito saudosas.
Não sei se és cristã, mas imagino que sejas, a morte não é o fim. O Espirito não morre. Ele está sempre bem vivinho.
Quando se "vai" alguém muito nosso temos de fazer o luto, a separação, o deixar de "ver" atormenta-nos, mas tudo tem de se vencer.
Pensa que não estás só. Tens o teu marido. Ele precisa de ti.
Tu - "TU" precisas de "TI" de serenidade de deixar essa angústia para poderes vencer as tuas batalhas.
Se não estiveres forte, tudo vai por água abaixo. É isso que queres?

Não quero mais que venhas triste.
bjs.
laura

Deusa Odoyá disse...

Olá minha doce amiga.
Olha a saudade sempre é muito dolorida perante perdas em nosso coração, principalmente se tratando de quem nos deu a própria vida.
Mas amiga, lembre sempre disto.
O senhor a acolheu nos reinos dos céus, e lá ela virou o seu anjo protetor.
Pois podes falar e ser zelada por ela.
Amiga tire esse sofrimento da sua vida, ela está bem ao lado do pai e seus anjos.
sorria, pois só assim ela poderá sorrir também.
Pois vendo sua felicidade ela será feiz também.

Beijos e uma semana repleta de muita luz e paz.

Beijos da nova amiga do lado de cá.

Regina Coeli.

Te aguartdo em meu cantinho.

Gatapininha disse...

Amiga, estou contigo*

Lisa disse...

Querubim,

Li a sua mensagem no blog da Liliana. Temos algo em comum. Também tive cancro da mama (diagnosticado em Maio de 2007).

Espero que as saudades que sente da mãe, se transformem em doces recordações dos momentos passados juntas.

Se quiser passar no meu blog: http://www.borasonhar.blogspot.com/

Beijinhos

Lisa

Lisa disse...

Olá,

Passo para desejar bom fim de semana e claro que nos podemos tratar por tu, também gosto mais.

Beijinhos

Lisa

Lia disse...

Olá Amiguinha,
passei para deixar beijinhos!
Espero que arrebites Lina:0)))
Beijinho cheio de luz.

Querubim disse...

Boa noite a todas obrigado pelas palavras de incentivo, esta semana que passou foi realmente muito dificil para mim mas estou melhor desculpem a falta de contacto mas...estava totalmente alheia a tudo!
Beijinhos e boa semana!