segunda-feira, 20 de abril de 2009




Pedra Filosofal

Eles não sabem que o sonho
é uma constante da vida
tão concreta e definida
como outra coisa qualquer,
como esta pedra cinzenta
em que me sento e descanso,
como este ribeiro manso
em serenos sobressaltos,
como estes pinheiros altos
que em verde e oiro se agitam,
como estas aves que gritam
em bebedeiras de azul.

Eles não sabem que o sonho
é vinho, é espuma, é fermento,
bichinho álacre e sedento,
de focinho pontiagudo,
que fossa através de tudo
num perpétuo movimento

Eles não sabem que o sonho
é tela, é cor, é pincel.
base, fuste, capitel,
arco em ogiva, vitral,
pináculo de catedral,
contraponto, sinfonia,
máscara grega, magia,
que é retorta de alquimista,
mapa do mundo distante,
rosa-dos-ventos, Infante,
caravela quinhentista,
que é Cabo da Boa Esperança,
ouro, canela, marfim,
florete de espadachim,
bastidor, passo de dança,
Columbina e Arlequim,
passarola voadora,
pára-raios, locomotiva,
barco de proa festiva,
alto-forno, geradora,
ultra-som, televisão,
desembarque em foguetão
na superfície lunar.

Eles não sabem, nem sonham
que o sonho comanda a vida.
Que sempre que o homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mão de uma criança.

António Gedeão

5 comentários:

João Videira Santos disse...

Na verdade "eles" não sabem, nem sonham que o sonho comanda a vida e que muitos sonhos se tornam realidade...

Recordar António Gedeão é sempre gratificante.

Parabéns pelo post.

Ana Paula disse...

Este poema é lindissimo, e cantado pelo Carlos do Carmo nem se fala!!!

Beijinhos

IsaLenca disse...

Lina, pensei que tinha clicado sem querer noutro local. Gosto imenso deste poema.
Bjs

Lina Querubim disse...

Olá a todos boa noite :)
Não entendi esta pessoa .Aldescubierto tenho que ler mais atentamente para saber do que se trata!
Cheguei há pouco a casa e ainda não tive oportunidade de ver ts como deve ser.
Beijinhos e boa noite!

Lina Querubim disse...

Lamento Aldescubierto mas tive que eliminar o seu post porque estava um pouco confuso...parte em espanhol, inglês e português.
Se o quiser divulgar terá que ser mais explicito, obrigado!