domingo, 17 de agosto de 2008

É urgente ser dador de medula





( Este texto foi retirado do Blog da Gigi para sensiblizar as pessoas da situação de quem necessita de um dador de medula, VAMOS AJUDAR QUEM TANTO PRECISA PARA VIVER)



É urgente ser dador de medula
Escrevo-vos, profundamente triste, mas principalmente empenhada nesta nova causa - convencer o maior número de pessoas a serem dadoras de medula.

Não sei se se recordam, mas no meu primeiro internamento, partilhei o quarto com duas mocinhas, a Carla, que continua a lutar contra a sua Leucemia, e a Nélia. Ontem, subitamente, fiquei a saber que a Nélia não havia resistido e que havia partido já há 8 dias. Quero manifestar os meus mais sinceros sentimentos à sua familia e a todos os que tal como eu partilharam alguns momentos com ela. Espero que onde quer que ela esteja, finalmente tenha encontrado paz.

A Nélia faleceu porque não foi encontrado nenhum dador de medula compatível.

Num país onde existem milhares de dadores de sangue e só há 1o mil dadores de medula, é urgente que todos os que tenham mais de 18 anos e menos de 45, se vão registar como eventuais dadores.

Tomei a liberdade de colocar aqui, o link para que possam aceder ao Centro de Histocompatibilidade do Sul http://www.chsul.pt/ , existe também um no Norte http://www.chnorte.min-saude.pt/ e no Centro http://www.histocentro.min-saude.pt/.

Tanto no do Norte como no do Sul, têm os interessados a possibilidade de descarregarem um formulário clínico, para posterior envio pelo correio e mais tarde receberem uma carta para poderem então ser dadores.

Numa primeira fase, trata-se apenas de uma recolha de sangue perfeitamente normal, como se fossem umas análises, e se mais tarde tiverem o privilégio de serem compativeís com alguém, terão então de vos ser retiradas as células compatíveis, mas será também através do sangue; nada que custe, posso garantir-vos.

Julgo que se trata de uma oportunidade única, talvez a melhor depois de se ser pai/mãe, a possibilidade de se dar uma nova vida, uma segunda vida a quem padece de uma doença que pode ser mortal se os tratamentos de quimio não resultarem.
Está portanto nas vossas mãos/sangue ajudar, mas peço-vos que reflitam bem antes de tomarem esta decisão, pois não há nada pior do que ser chamado, pois encontraram um doente compatível, e depois o dador, com receio, não comparece.
Quero só acrescentar que ao ser dador, entra-se numa base de dados internacional, o que significa que poderão salvar uma vida em qualquer ponto do globo.

Eu por cá estou um bocado abalada. Quanto aos calmantes apesar de já ter informado que não os queria tomar, eles continuam a dar-mos, mas acho que hoje à noite vou recomeçar a tomá-los, pois a época dos enjoos já se avizinha e parece que os drunfos e os anti-heméticos são a melhor combinação para tentar travá-los.
Beijinhos
Gigi

3 comentários:

laura disse...

*****

Que estas chamadas de atenção, alertem as pessoas para a necessidade de nos juntarmos aos sobreviventes aos Vencedores!

Já passei a idade, infelizmente.

Beijinhos,
laura

Ana Lourenço disse...

ola!!
Passei para te deixar um beijito e desejar uma óptima semana...
k este post seja lido por muitos e que se consiga realmente mais dadores e salvar muitas vidas.
Bjnh
Ana

Querubim disse...

Obrigado a ambas e esperemos que nesta corrente de lutadoras possamos divulgar a necessidade de dadores para outras lutadoras e lutadores que esperam anciosamente pela cura deles!!!!
Que Deus ilumine as mentes e hajam muitosssssssssssss doadores!!!!!!!!
Bjssss